Skip to content
Entre Crie sua conta

Diga sim para conquistar seus objetivos
Dicas sobre como organizar seu dinheiro, sair do vermelho, fazer seu dinheiro render e entender o mercado.

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para crescer como empreendedor
Conteúdos práticos sobre como organizar as finanças do seu negócio, começar a empreender, administrar seu negócio e vender mais

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para expandir sua empresa
Conhecimento sobre como impulsionar suas vendas, gerenciar e expandir sua empresa e insights de mercado

Acesse

Conheça a biblioteca

Diga sim para tecnologia descomplicada
Conteúdos sobre conta grátis, crédito, venda online e física, Pix e tutoriais Mercado Pago

Acesse

Conheça a biblioteca

Criptomoedas: o que são e como funcionam

Uma mão mexendo em um celular que está mostrando um gráfico

Descubra as características das criptomoedas e vantagens que trazem para seu o seu dia a dia

 

Hoje em dia, praticamente tudo que fazemos acontece no mundo digital. Se você vai pedir comida, usa um aplicativo; deseja aprender uma receita culinária nova, pesquisa na internet o passo a passo; quer ter seus cartões e saldo registrados em um só lugar, escolhe uma carteira digital. Enfim, são inúmeras possibilidades. 

E com tanta gente cada vez mais on-line, surgiram também moedas que funcionam de forma 100% digital. As chamadas criptomoedas não são impressas e nem têm versão física, como o dinheiro comum, mas têm mostrado o seu valor a cada dia que passa. Veja agora como funcionam e suas diferenças. 


O que são criptomoedas?



As criptomoedas são um dinheiro digital porque não podem ser tocadas, são transacionadas apenas pela internet. Elas começaram a aparecer depois da criação do Bitcoin, pelo desenvolvedor - ou grupo de desenvolvedores - de pseudônimo Satoshi Nakamoto, em 2009. A ideia era ter uma moeda descentralizada, que não fosse controlada por nenhum governo. 

Desde então, todos os dias novas moedas digitais nascem - em setembro de 2021, já eram mais de 12 mil. Algumas têm chamado a atenção do público, como Ethereum, Cardano e Binance Coin. 

Provavelmente, você está se perguntando: “como essas moedas são produzidas?” Elas são criadas através de uma tecnologia chamada blockchain, que faz com que as informações fiquem protegidas, podendo ser compartilhadas, mas não alteradas. Já o nome vem do fato de que se usa criptografia - um mecanismo que aumenta a segurança das informações - nas transações e em todo o processo. 


Quais são as principais características das criptomoedas? 



As criptomoedas funcionam totalmente no ambiente digital, são seguras, independentes, sofrem altas variações de preços e podem ser compradas para diversas finalidades. Entenda agora as diferenças entre essas moedas e as convencionais:

1. Propósitos diversos

 

Através das plataformas especializadas neste mercado, qualquer pessoa consegue comprar, reter e vender criptomoedas. Além disso, quando achar melhor, pode transformá-las em outra moeda existente, como real, dólar ou euro. 

Outro diferencial é que existem diversas plataformas que promovem serviços digitais atrelados às moedas digitais, entre eles jogos, streaming, marketplaces e redes sociais. 

2. 100% digitais

 

Em qualquer parte do mundo, dependendo apenas da internet, você consegue fazer as transações das criptomoedas, seja para compra, venda ou troca. Lembrando que tudo sempre vai acontecer no ambiente digital, tanto as transações quanto o armazenamento. 

3. Seguras

 

As transações de criptomoedas estão protegidas graças à combinação da criptografia e da blockchain. A criptografia é uma ferramenta de segurança que embaralha todas as informações disponíveis para que apenas quem tem permissão possa ter acesso a elas. 

Já a blockchain, como mencionado antes, torna o registro dos dados permanente, sem nenhuma possibilidade de alteração. 

4. Descentralizadas

 

A maioria das moedas digitais são descentralizadas. Isso significa que não existe um órgão ou governo responsável por controlar ou regulamentar as operações e transferências. 

5. Acessibilidade

 

As criptomoedas dão alternativas financeiras para todas as pessoas que têm acesso à internet. Sem nenhuma barreira geográfica ou necessidade de uma instituição bancária, é possível fazer as transações e negociações. 

6. Anonimato

 

É possível fazer transações com criptomoedas sem a necessidade de envio de nenhum tipo de informação pessoal. 

7. Volatilidade

 

A volatilidade é a variação dos valores de um ativo em um determinado período de tempo. Por exemplo, a cotação do dólar em relação ao real, sofre diversas variações ao longo dos meses, anos e, até mesmo, em um único dia. 

No caso, o Bitcoin e outras criptomoedas têm a característica de ter uma alta volatilidade, apresentando variações de valores surpreendentes desde sua criação. No início, valia menos de US$ 1, recentemente já passou dos US$ 60 mil. 


Conheça as criptomoedas e conquiste mais uma facilidade no mundo digital



As criptomoedas são uma oportunidade para você aprender algo novo em um ambiente que você já frequenta há muito tempo: a internet. São inovações que acontecem todos os dias e em todos os lugares do mundo com a vantagem de ser tudo muito mais seguro. 

Acompanhe as novidades e fique por dentro do futuro do dinheiro!


Escrito por:

assinatura_equipe

Artigos relacionados